Reúne um total de cento e trinta e cinco cooperadores nos cinco círculos que compõem a Associação, os quais acrescem regularmente por meio de suas próprias redes de associação. Esse modo de recrutamento garante a seriedade e a competência dos novos cooperadores e simpatizantes.

Esses 5 círculos concêntricos são os seguintes:

Conselho de Administração

colegiado aberto dos cooperadores e parceiros (membros com suas quotas em dia)

Colegiado restrito de Cooperadores

os simpatisantes

os grupos de trabalho transversais e temáticos

As temáticas abordadas são as seguintes:

  • Laboratório de ideias;
  • Consultoria;
  • Formação;
  • Educação para o desenvolvimento;
  • Comunicação.

Competências complementárias e um interesse comum

A perenidade do engajamento e da vida associativa de Prospective & Cooperation se constrói sobre o princípio da complementaridade das competências e dos interesses que se cruzam e se reforçam. Sem ser exaustivos, podemos citar:

  • A complementaridade dos perfis e das instituições, que permite oferecer uma abordagem multidisciplinar e multi-atores;
  • A complementaridade das redes disciplinares, profissionais e geográficas;
  • A capacidade coletiva de angariar negócios de maneira mútua e recíproca;
  • A difusão de informações sobre oportunidades de trabalho e de conhecimento através do laboratório de ideias e da formação;
  • O acesso a novos recursos específicos, temáticos, geográficos ou juridicamente reservados;
  • A possibilidade de cruzar tarefas e experiências de campo (o professor avaliando a ação, o ator ensinando em formação inicial ou contínua).

Essa lista cresce por meio de atividades concretas da Associação. Dessa forma cria-se um interesse coletivo maior que a soma dos interesses individuais.

Geograficamente, estes cooperadores e simpatizantes estão nos seguintes lugares:

  • Na Europa: em Marselha, Montpellier, Paris, Anvers, Bruxelas, Bordeaux, e Vendée;
  • Na África: na Tunísia, Dakar, Lomé, Nouakchott, Ouagadougou, e Harare;
  • Nas Américas: em Porto Príncipe, Montreal, Belém, Salvador da Bahia e Rio de Janeiro;
  • Na Ásia: em Katmandu e Phnom-Penh;

Atualmente, 4 cidades têm papel central nessa rede: Marselha, Rio de Janeiro, Dakar e Harare.

 

Um engajamento flexível, de geometria variável:

O envolvimento de cada um dos membros, chamados cooperadores, é estruturado em círculos concêntricos tendo por princípio uma grande flexibilidade do engajamento, segundo as seguintes modalidades:

  • Uma participação regular remunerada (consultor ou assalariado) ou benévola (participação nos grupos de trabalho, na gestão/administração, no colégio de cooperadores restritos, no conselho de orientação estratégica ou na diretoria da associação)
  • Uma participação pontual remunerada (consultoria) ou benévola (reflexão, intercâmbios, debates, publicações de policy notes, estabelecimento de contatos…)
  • Um acompanhamento das atividades em curso

Esta flexibilidade se traduz na forma de governança por meio de círculos concêntricos de envolvimento já descrita e permite um trânsito entre os círculos e entre os estatutos benévolos ou remunerados, pontuais ou permanentes.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account